Quase todo mundo já experimentou alguma forma de hipnose em algum momento da sua vida.

HIPNOSE CLÍNICA

Quando se usa a Hipnose para tratar um problema físico ou psicológico, chamamos o processo de Hipnose Clínica ou de Hipnoterapia. Pode ser definida como um estado alterado de consciência ou perceção. Em termos simples, a Hipnose é um estado de profundo relaxamento no qual o consciente e o inconsciente do paciente podem ser focalizados para ficarem mais recetivos à sugestão terapêutica.

Quase toda a gente já experimentou alguma forma de hipnose em algum momento da sua vida. Pense, por exemplo, quando conduzia numa estrada e se apercebeu, por um breve momento, inconsciente daquilo que estava a fazer, ou, quando estava tão envolvido num programa de televisão que nem deu conta que alguém entrou na sala. Na verdade, toda hipnose é auto-hipnose e o paciente está sempre no controlo. Não há nada a temer, porque a Hipnose é um processo completamente seguro quando usada profissionalmente. O relaxamento que vai experimentar será agradável e regenerador.

Em que problemas emocionais ou físicos a hipnose pode ser usada?
Na Psicologia: tabagismo, emagrecimento, fobias, depressão, ansiedade, problemas sexuais, alcoolismo, problemas de fala, terapia de regressão de idade, dores crónicas, auto-estima e fortalecimento do ego e melhoras na concentração ou memória.

Na Medicina: psiquiatria, anestesia e cirurgia, doenças psicossomáticas, ginecologia e obstetrícia, controle de sangramento, tratamento de queimaduras, dermatologia, pediatria (enurese noturna, pesadelos, timidez e inadaptação), controlo da dor, controlo de vícios.

Na Odontologia: medo de ir ao dentista, cirurgia odontológica, bruxismo, controlo de sangramento, controlo da salivação excessiva e da dor, etc.


MARCAR AGORA!

Nós ligamos!

Enviar Mensagem

NÃO ENCONTROU O QUE PROCURAVA?

Pesquise aqui!

ENVIE-NOS UMA MENSAGEM.


18 + 8 =

A SUA CONFIANÇA É A NOSSA MOTIVAÇÃO